A arte que liberta

Comecei em 2012: meu inventário fotográfico de frases, inscrições, poemas, palavras, grafias urbanas espalhadas nos espaços públicos da cidade. Meu acervo já tem cerca de 800 fotos, coletadas em minhas andanças. E suas possibilidades são imensas: construção de pequenas narrativas, agrupamento das frases por temas, material teórico para análises mais aprofundadas, e, principalmente, a possibilidade de brincar, criando pequenos universos, capítulos, começos.

Ofereço esse capítulo: A arte que liberta, uma coletânea de frases sobre a arte, que tive a alegria de expor, em 2014, no aniversário de 2 anos do Sarau da Ponte pra Cá.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s